domingo, janeiro 21, 2007

Adentra.



Tu visitaste meu Jardim? O que te trouxe até mim? Sentiste o perfume de minhas rosas e flores, ou por acaso viste as borboletas e colibris a voarem por sobre as plantas? O que quer que tenha te trazido até meu recinto florido, não importa. Entra e descança aqui. Vem, e degusta um cálice de vinho na companhia de um poeta e de um amante do saber. Vem, entra tu também.

Awmergin, o Bardo
21/01/2007, às 23:00h

2 comentários:

Sr. Personna disse...

Eu já usei durante muito essa formatação, uma imagem de bom gosto e um texto (um soneto no meu caso)...
É deveras enriquecedor e aprasível, uma pena que perdi o gosto para tal labor.

Caldeirão da Bruxa disse...

Caríssimo, seu jardim tem cheiro de jasmim. Beijos!