quarta-feira, maio 03, 2006

Longas horas e dias


Longas horas e dias
Passei a erguer
Muralha espessa e resistente.
De que andianta contra as artimanhas
De Eros, o menino alado?Nada!
Meu coração mais uma vez
Arrebatado e trespassado
Se encontra por seta embebida
Com o veneno da paixão!

Um comentário:

CAT WALK disse...

Estas palavras curtas mas muito fixes dizem muito! Besitos da amiga aqui