terça-feira, maio 20, 2008

O Dom de Voar - VII


"Deus fala comigo através dos pássaros".
Quando faço esta afirmação, muitos dos que me rodeiam pensam que perdi o juízo, ou que sou louco. Contudo, eu vos digo: Deus fala conosco o tempo todo, através de uma Linguagem misteriosa, mas ao mesmo tempo simplíssima: a linguagem simbólica.
Os povos antigos e todas as antigas civilizações reconheciam tal linguagem, assim como esta forma de comunicação entre o Divino e o humano. Entretanto - com o decorrer do devir histórico e com o advento de mais uma era de decadência dos valores espirituais na Humanidade - o ser humano obstruiu sua capacidade de perceber intuitivamente os Mistérios da Natureza e, em especial, aqueles que estão contidos nele próprio, em seu interior.
Deus é a fonte infinita e misteriosa de toda a Vida. E esta é una, está presente em toda as coisas e em todos os seres. Portanto, tudo o que existe é um ente vivo e tem sua forma única de linguagem e comunicação.
Os cientistas da linguagem, ou lingüistas, dizem que somente o ser humano é capaz de comunicar-se. Talvez, em seus pontos de vista materialistas, limitados, estejam certos. Porém, aqueles que não tiveram suas mentes e espíritos obstruídos pelo véu espesso do materialismo vêem e ouvem com outros sentidos aos quais podemos chamar de "sentidos interiores" que todo homem e mulher têm em estado latente em si. Contudo, por razões diversas, estão atrofiados.
Quando abrimos nossas almas ao Amor - afirmo categoricamente - estes sentidos iniciam seu afloramento, tal qual o lótus que sai do barro, atravessa as pantanosas águas, abre suas pétalas ao ar e desabrocha ao Sol Divino. Assim se dá com a Alma Humana e com os sentidos desta, quando esta se abre para o Amor e o permite permear toda sua vida.
Os pássaros são mensageiros de Deus, e quando muitas tradições míticas e religiosas associaram-nos aos Anjos (do grego clássico "Ángelos", ou seja, "mensageiro"), não o fizeram ao mero acaso, mas sim com um conhecimento muito profundo dos planos e mundos ocultos da Natureza e dos seres que nestes mesmos planos vivem e têm sua existência paralelamente à nossa existência Humana.
Os pássaros só falam de Amor em seus cânticos, pois a Linguagem Oculta de Deus é o Puro e sublime Amor. Os que foram iniciados nos Mistérios Divinos têm a natural e intrínseca virtude de compreender esta forma de comunicação.
Falar na linguagem do Amor vai para além de toda compreensão racional e não há possibilidades de maus-entendimentos aos que se comunicam desta forma. Tanto Homens que "falam" com animais ou Homens que falam com Homens. Estando estes em sintonia com o Amor (que é potência de Deus), não há possibilidade de incompreensões.
O Amor é a linguagem dos deuses, dos pássaros, dos anjos, e é assim que Deus fala comigo. Digo-vos que os pássaros visitam com freqüência meu Jardim Sagrado e vêm trazer-me as novas do mundo celestial. Comunicam-me tudo o que Deus e toda sua Hierarquia divina estão a realizar. Mas, também costumo conversar com eles e temos momentos agradáveis de deleite espiritual. Porque os que amam, vivem em deleites da alma. Compartilhamos alegrias através de cânticos.
Os pássaros, anjos encarnados em corpos emplumados, ensinaram-me muito do que sei sobre a Doutrina Poética. Eles são mestres em poesia e música.
Com estes seres alados, também fui iniciado numa arte, numa técnica há muito aspirada pelos seres humanos, a arte de voar.
Sobre estas artes, contudo, aqui não vos posso falar, pois não estou autorizado para tal, pelos Reis da Hierarquia Alada de minha Ordem dos Homens-Águia.

In: "o Dom de Voar", págs. 32-33

Awmegin, o Bardo

2 comentários:

Barbara disse...

É incrível a forma como você se comunica. Percebe-se que está realmente muito evoluído espiritualmente. Você conversa com meu coração e é um prazer ter-lhe como amigo.

Perfil para uso disse...

Brado, meu novo e mas lindo amigo.

Estou encantada nesse seu castelo de sonhos.Quantos tesouros encontramos aqui.

Parabéns pelo seu reinado.

Beijo e voltarei sempre.


Mônica